PMs são presos suspeitos de participar de grupo de milícia em Bezerros e outras 7 cidades do Agreste

100
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Dois policiais militares e um ex-guarda municipal foram presos durante a realização da operação “Fúrias” nesta sexta-feira (13). A ação da Polícia Civil ocorreu em Caruaru, Camocim de São Félix, Sairé, São Joaquim do Monte, Bonito, Gravatá e Bezerros, todos municípios do Agreste de Pernambuco.

De acordo com o delegado seccional Bruno Vital, os presos são suspeitos de integrar um grupo de milícia. “É lamentável, mas fizemos o nosso trabalho. […] Eles [os policiais] atuavam como seguranças e também na cobrança de dívidas”, disse.

Entre os materiais apreendidos durante a operação estão espingardas calibre 12, pistola 380 e munições ainda não utilizadas. A quantidade total do material encontrado não foi divulgada, assim como o número total de prisões.

“Os suspeitos foram presos temporariamente, mas vamos tentar converter a prisão para preventiva. As investigações continuam, mas temos evidências fortes de que todos os presos estão envolvidos com todos os crimes [milícia particular, homicídios, e porte e posse de armas e munições]”, destacou o delegado de homicídios Bruno Machado.